16 de novembro de 2014

#RESENHA BROOKE



Olá leitores *-*
Estou mega feliz por ter conseguido mais um livro da série ÓRFÃS. Deixo logo claro que um livro não depende do outro, cada um com sua estória.


V.C. Andrews arrasa, neste livro não foi diferente. Apesar desse ter sido o livro, digamos assim, menos forte eu gostei muito.

Os livros dela não são para crianças e pré-adolescentes, tão forte que ela já escreveu uma outra série de livros que fala do incesto de tio e sobrinha, que tem 4 filhos e seus filhos se tornam amantes. Pois é!



                Mas vou focar em Brooke agora, porque você começa a ler (ainda mais se você não conhece nada de Virginia Cleo Andrews) pensa que é mais uma estorinha de adolescente que a menina pobre se torna rica e começa a ganhar roupas, quarto lindo e tal. NÃO É ISSO GALERA!
A mãe adotiva da Brooke é simplesmente louca, obcecada  por beleza, algo que Brooke não da a mínima, mas a mãe quer que ela ganhe todos os concursos de beleza.
Brooke tem a oportunidade de realizar grandes desejos em sua nova escola só que Pâmela, sua mãe adotiva, não consegue entender e sempre tenta fazer com que seus sonhos estejam acima dos de Brooke.
                   E onde está o pai adotivo nisso tudo? Pois é, ele é o mais tranquilo. Ele tenta negociar com Pâmela
para que deixe Brooke realizar suas vontades também.




- Você é sempre um bebê quando chega o momento de ser mimada, especialmente pelos homens. Nunca, mas nunca mesmo, deixe-os acreditarem que a tornaram feliz.
- Por que não?
- Eles pensarão que já fizeram o suficiente. E nunca são capazes de fazer o suficiente. Esse é o nosso lema.




          Vou explicar rapidinho essas vontades de Brooke sem estragar a estória, é claro! 

Brooke é uma atleta, kkkkkk já está imaginando a reação da Pâmela? Pâmela implica tanto que por causa de uma picada de mosquito no pescoço, ela tem uma crise e quer ir a direção da escola fazer reclamação. Brooke faz as vontades de Pâmela porque primeiro ela quer que a nova mãe a ame, e porque ela não quer sair da equipe da escola já que ela é a esperança no meio de tantas garotas mimadas que não jogam tão bem.



          Eu gosto de Brooke, porque ela não é uma protagonista bobinha de novela, ela explode, ela até se segura mas quando vê que pode questionar ou discutir, fala mesmo! Aliás, acredito que Virginia Cleo era assim ou gostaria de ter sido porque "suas órfãs" têm personalidades fortes apesar de serem tão diferentes, pelo menos as 3 que eu li.


 Autor: V.C. Andrews
  Editora: Bertrand Brasil
      Número de capítulos: 11
      Número de páginas: 160
 + Prévia do livro Raven




Nenhum comentário:

Postar um comentário